Subscribe:

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Resenha | Harry Potter e as Relíquias da Morte o Filme - Parte 2

Atenção: este texto contém spoilers. Sem problemas se você já leu os livros.

Ah, enfim chegou uma das noites (ou madrugadas) mais esperadas desde os meus 13 para 14 anos de idade. Lembro-me de quando estava na oitava série (nada de nono ano), e minha professora de português (acho que o nome dela era Marina), me sugeriu que lesse o livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal”. Agora não sei se foi mesmo na oitava série, talvez tenha sido na sétima, enfim, isso não importa. O fato é que, nessa época, acho que já tinha à venda também o segundo volume da história, pois não demorou muito para que eu lesse “A Câmara Secreta”. Depois disso, ano a ano eu vivi uma espera sem fim, por cada novo volume da história. A trama, que me acompanhou desde o ensino fundamental até o penúltimo ano da faculdade, cresceu junto comigo. Os personagens adquiriram mais maturidade, passaram pelos mesmos dramas da adolescência que eu passei, enfim, foi com toda a certeza algo que marcou de uma maneira muito especial a minha vida.

E nesta última madrugada eu tive a oportunidade de assistir ao último filme baseado na trama, em seu dia de estreia. É extremamente mágico ver todas as cenas que você montou na sua cabeça, com toda a sua imaginação, ganharem vida bem à sua frente. Desde 2001, quando vi o primeiro filme, tive esta sensação maravilhosa. Agora, 10 anos depois do primeiro, o ciclo se fechou. A preparação foi grande. Eu e mais duas amigas tão malucas como eu, (companheiras de doutorado, aliás, pra quem está duvidando de minhas faculdades cognitivas, só por que sou uma fanática) compramos os nossos ingressos há uns bons dias atrás. Ansiedade master até o momento de entrar na sala. Quando fomos comprar, optamos por procurar em cinemas com lugares marcados, para evitar pegar um lugar ruim na sala, e só conseguimos em um shopping em Morumbi (o que é longe pra mim, digno de nota). Faça isso sempre que lançar um filme desses que têm o poder de nos fazer enfrentar multidões, como Harry Potter, Senhor dos Anéis, X-Men, Superman, entre outros.

Como vocês já devem ter percebido, sou uma grande fã da história, mas tentarei fazer uma review crítica (se é que isso é possível).

O filme mostra a história de uma maneira bem fiel à trama original, coisa quase incomum em filmes baseados em livros, como todos nós bem sabemos. Este filme é muito mais sombrio do que qualquer outro, refletindo no cenário o estado de espírito de todos os personagens envolvidos. Este cuidado com o figurino e cenário, para que espelhassem a energia do filme, foi fantástico. Só isso já vale um Spock.

Pôster com Hogwarts sitiada.

Os efeitos especiais também não ficam atrás. É possível vivenciar as cenas de uma maneira única. Neste aspecto, os filmes evoluíram muito bem desde 2001, quando, em minha opinião, os efeitos deixaram um pouco a desejar... Ok, tivemos, desde então, o advento do HD, popularização de técnicas e efeitos nunca dantes vistos, e tudo mais, mas acho digno de nota dizer que os efeitos estavam impecáveis.

Uma das cenas finais do conflito Potter X Riddle

Acho que uma das únicas críticas negativas que tenho para com o filme, é o fato de que a trama se inspira muito mais no conflito pessoal de Harry face aos seus desafios, do que em sua missão em si. Lembro-me que entre o sexto e o sétimo livro, eu contava as horcruxes nos dedos, e fazia cálculos e teorias maluquíssimas a respeito de seus paradeiros. O filme não faz jus ao Harry que era inconsequente em sua busca, que deixava muitas coisas que lhe eram importantes para trás, sem “pestanejar”. Eu imagino um Harry muito mais bem resolvido com a sua missão do que o que foi mostrado no filme. Quase um Harry militar, se me permitem. Ok, isso foi exagero, mas acho que esse Harry do filme é meio “drama queen”. O meu Harry recebe uma missão e a segue até as últimas consequências.

Harry e os destroços de Hogwarts

De forma alguma este detalhe faz com que o filme seja menos apreciável, pelo contrário, mostra um traço da personalidade de Harry diferente de minha interpretação. Romantizei demais o Harry? É realmente possível. Espero que falem o que acham sobre isso em seus comentários.

O filme não te dá tempo para respirar. Como é de se esperar, coisas importantíssimas estão rolando a cada segundo. Não pisque, não vá ao banheiro (tenha certeza de não consumir produtos diet no dia da ida ao cinema. Eles contêm manitol.) durma bem antes de ir ao cinema. Sério.

Esse filme, que foi dividido em dois, me deixou muito mais satisfeita do que os outros, onde os acontecimentos foram espremidos para caber em um filme só, e muita coisa acabou sendo deixada para trás.

Quando ao desempenho dos atores, devo dizer que Emma Watson se transformou em uma das melhores atrizes que já vi nas telonas. Super expressiva e cativante – além de mais bonita a cada filme. Radcliffe e Grint estavam “bonzinhos”, em minha opinião. Melhoraram muito, mas ainda precisam correr atrás de algumas coisinhas, ou correrão o risco de ter vivido, durante sua juventude, os melhores papéis de suas carreiras. Mas você terá curtas oportunidade de ver em ação atores realmente bons. O elenco conta com atores super renomados, como Emma Thompson e Ralph Fiennes (que deveria ganhar algum prêmio de melhor vilão), e que, com toda a certeza, poderiam ter sido melhor explorados.

Emma Watson vive Hermione: Uma de suas melhores atuações na franquia

Enfim, concluindo, o filme mostra um Harry muito mais humano do que eu sempre o imaginei. Mais sofredor, menos inconsequente, e, com certeza, muito mais envolvente. David Yates foi fenomenal. Ele entrou na franquia em 2007, com a ordem da Fênix, e fez um trabalho admirável, que evoluiu muito bem, e fechou o ciclo em grande estilo, em minha opinião. Achei meio estranha a visão de Yates da cena final do filme. Não imaginava o Ron tão velho quanto foi caracterizado neste momento. Já o Harry e a Hermione pouco mudaram com o make up. Também não falaram sobre o diretor Neville.

Trio envelhecido: Harry e Hermione praticamente os mesmos. Rony com make up exagerado

Como diria Dani, não exagere no rímel, não passe lápis nos olhos, porque você vai chorar. O filme vale 9 Spocks de 10, na minha opinião (perdeu um pelo Harry humano demais, e pela cena final). Mas é claro que esta é só a minha opinião. Confira você mesmo (mas tenha o mínimo de senso e não vá caracterizado, por favor. Isso é um filme, e não uma festa à fantasia). E para matar a saudade de Harry, você pode comprar livros como “Os contos de Beedle, o Bardo”, “Quadribol através dos Séculos” e “Criaturas Mágicas e onde habitam”. Recomendo todos.


PS: As imagens pertencem à TM & © 2011 Warner Bros. Entertainment Inc. - Todos os direitos reservados.

7 comentários:

Anônimo disse...

Ainda não tive a oportunidade, mas estou ansioso pelo filme, e diferente de você a primeira vez que ouvi comentar sobre um livro do HP foi m 2001 eu já com 22 anos e não entendia o porque do fascínio das pessoas por um livro "infantil" de um aprendiz de mago até assistir o primeiro filme. Sim comecei com o filme para depois ir para os livros.

Thaís disse...

Amei!! Já estou super empolgada, verei amanhã.
Beijos, Helô

Thaís

Bal disse...

Falou e disse, dona Heloísa.

Mutayto disse...

SO LEREI DEPOSI DE VER O FILME
EHUEHEUEHUEHEUHEUEH
MEDO DE MAIS SPOLIERS

Tayson disse...

SO LEREI DEPOSI DE VER O FILME
EHUEHEUEHUEHEUHEUEH
MEDO DE MAIS SPOLIERS[2]

@renanroto disse...

eu vi a pré, de fato, é super chorável!
não concordo com a sua visão de Harry Potter ("missão dada é missão cumprida" a la capitão nascimento)
concordo, porém, que vale 9 spocks kaskask
aah, o livro vale 10, claro =}

aconselho também vcs lerem o encerramento alternativo q a J.K.Rowlings contou pra um amigo repórter que divulgou na net...
Links:

pra quem fala inglês, o post oficial:
http://www.gregpalast.com/harry-potter-jo%E2%80%99s-other-ending/

para os Muggles, o post em português:
http://virgula.uol.com.br/ver/noticia/diversao/2011/07/21/280209-amigo-de-j-k-rowling-entrega-final-alternativo-e-surpreendente-descartado-pela-autora

xOxO

Helô disse...

valeu renan!! Vou conferir. Gostei do capitão nascimento, hehehe

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...