Subscribe:

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Especial Dexter: Prefácio de um assassino


Baseado na obra de Jeff Lindsay, "Darkly Dreaming Dexter", a série tem como protagonista um cientista forense especializado em amostras de sangue, que trabalha para o Departamento de Polícia de Miami, paralelamente ele também é um assassino serial que mata as pessoas que a polícia não consegue prender.

Com essa premissa básica você pode pensar, mais um CSI? Pelo menos eu cometi esse erro, a série é muito mais complexa e bem elaborada e com uma trama muito bem amarrada, a identidade dupla tem de ser escondida de todos, incluindo sua irmã, namorada e companheiros de trabalho.

Se você ainda não assistiu nenhuma temporada da série o que está esperando? Vai lá assista e depois volte para discutir a série com a gente porque agora começam os spoilers.



Primeira Temporada (2006) - Mostra um Dexter indeciso entre sua personalidade assassina e a relação afetuosa que mantém com sua carente namorada Rita, a trama come solta enquanto todo o resto da equipe se desdobra para desvendar o uma série de crimes de outro serial killer, cuja ação parece estar vinculada com o passado trágico de Dexter, que é levado à uma jornada de auto-descobrimento com mil reviravoltas por episódio, até o desfecho arrebatador e acabamos descobrindo, na verdade, que Dexter não é totalmente sem coração como parece ser o caso no começo da temporada.


Segunda Temporada (2007) - Após uma primeira temporada de tirar o fôlego, essa começa já com um Dexter ainda cheio de conflitos e com o Sargento Doakes cada vez mais desconfiado o segredo de Dexter é descoberto, quero dizer em partes, pois logo no começo da temporada os corpos jogados no mar por Dexter são descobertos e o agente especial Lundy é chamado para tomar conta do caso, além de gerenciar o caso acaba tendo um relacionamento com Debra. Dexter acaba brigando com sua namorada Rita e se envolvendo paralelamente com Lila, uma incendiária que acaba se tornando totalmente possessiva por Dexter, fico triste porque nessa série morre um dos personagens que mais gostava, o Sargento Doakes.


Terceira Temporada (2008) - Depois de descobrirmos o passado de Dexter e ver como é arriscado, mesmo seguindo o código de Harry, guardar certos segredos, nessa nova temporada Dexter encara pela primeira vez um problema que mais cedo ou mais tarde ele enfrentaria: e se um dia ele matasse um inocente? Depois da morte do Sargento Stokes Doakes, Angel Batista é promovido e agora é chefe da irmã de Dexter, Debra. Dexter parece cada vez mais como um pai para os filhos de sua namorada Rita e ela nem desconfia dos segredos de Dexter. Um novo personagem aparece, é Miguel Prado, que vai estar ligado a Dexter mais do que ele imagina e é o primeiro com quem Dexter divide seu tão secreto hobby mas acaba seguindo caminhos opostos que obriga Dexter a acabar com seu "amigo" e a série termina com o casamento de Dexter e Rita.


Quarta Temporada (2009) - Essa na minha opinião é a melhor temporada até agora, um novo serial killer denominado de Trinity é introduzido a série, Trinity está em Miami para uma série de assassinatos, o que traz Lundy de volta à cidade, mas a temporada fica boa mesmo quanto Lundy é morto e Dexter se aproxima de Trinity por achar que poderiam ser iguais e de quebra, o roteiro ainda nos brinda com um final antológico, contundente e perturbador, levando às últimas consequencias os temores de Dexter Morgan ao achar o seu filho banhado no sangue de sua esposa Rita.


Quinta Temporada (2010) - Mesmo gostando muito do final da quarta temporada, nessa quinta senti muito a falta da Rita na trama, e acho que esse foi o efeito que os roteiristas quiseram causar no telespectador, vemos um começo de temporada com Dexter tentando seguir sua vida em frente, agora viúvo e pai solteiro, até que Dexter conhece Lumen, uma mulher que Dexter salva e ajuda a se vingar das pessoas que a violentaram e quase mataram, Lumen também é até agora a única que conhece o segredo de Dexter e está viva.

Por fora das filmagens: Michael C. Hall (Dexter) e Jennifer Carpenter (Debra) chegaram a namorar, estranho imaginar dois personagens que fazem o papel de irmão num possível namoroe ironicamente, a personagem de Jennifer namorou o Ice Truck Killer (Brian), assassino e irmão de Dexter na primeira temporada.

2 comentários:

Tayson disse...

hahaha muito bom, deu vontade de assistir de novo.

Helô disse...

Mto bom, deu vontade de assistir. Nunca vi nenhum episódio. Mas verei.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...